Biblioteca Pública Municipal
"Prof. Fausto Ribeiro de Barros"

Biblioteca Pública Municipal
" Prof. Jayme Monteiro"


segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Bibliotecas como polos locais de conhecimento, cultura, cidadania e lazer

Cresce o engajamento de gestores municipais e profissionais de bibliotecas nas ações do SisEB em 2017


Além de promover ações de capacitação profissional e de estímulo à programação cultural e à melhoria de serviços em bibliotecas, o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB) tem procurado estreitar o relacionamento com gestores municipais das áreas da Cultura e Educação.  Essa abertura tem encontrado ampla receptividade e a participação de muita gente entusiasmada com o que faz em suas cidades.

Veja estes números: neste ano mais de 1800 profissionais participaram de capacitações presenciais, à distância e do Seminário Biblioteca Viva.  O Viagem Literária esteve em 90 cidades e impactou 40.762 leitores de todas as idades. As oficinas de Escrita Criativa tiveram a adesão de voluntários locais e foram realizadas em 47 bibliotecas com a participação de quase de 500 jovens e adultos que vieram em busca de novos conhecimentos.

Nos últimos anos, as bibliotecas paulistas vêm se revelando mais ativas, diversificadas, preparadas e engajadas nas propostas de mudança que o nosso tempo exige.

Ouvir, dialogar, mudar

Fazemos aqui um registro especial sobre o SisEB Itinerante, uma ação da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo realizada em conjunto com a SP Leituras.

Um dos seus principais objetivos é levar ao conhecimento dos gestores municipais todos os serviços, ações e oportunidades oferecidas gratuitamente pelo SisEB para dinamizar as bibliotecas de acesso público.

Porém, o mais importante é ouvir pela voz dos gestores da administração municipal, dirigentes, bibliotecários e profissionais de bibliotecas as demandas locais para trocar experiências e encontrar em conjunto soluções criativas para atender melhor cada uma das comunidades.   

A partir dessa ideia, foram realizados encontros em Marília, Itapetininga, Jundiaí, Itanhaém, Pindamonhangaba, Presidente Prudente, Birigui e Olímpia, onde estiveram presentes 210 profissionais representando 89 municípios paulistas.  Um dos resultados foi materializado pela construção colaborativa da proposta para definir as Diretrizes da Política de Bibliotecas Públicas do Estado de São Paulo que foi sendo aprimorada em cada encontro.

Na troca de informações, sempre muito produtivas para ambas as partes, foram reafirmados os conceitos mais atualizados que norteiam a existência das Bibliotecas Vivas, a importância da atuação em redes regionais e a sustentabilidade econômico-financeira para diversas ações, a exemplo do que já acontece em várias cidades paulistas com resultados muito positivos. 

Existe em cada biblioteca municipal um extraordinário potencial para novas iniciativas que vão muito além dos serviços tradicionais. Para fazê-las emergir, é preciso dialogar continuamente.

Na sua cidade existe uma biblioteca que também precisa ser ouvida e apoiada. Elas dialogam diariamente com muitas pessoas da sua comunidade e podem indicar caminhos para mudar para melhor a política cultural do seu município. 

Faça de 2018 um ano de diálogo, participação e mudanças na sua comunidade.

Pense nisso e conte sempre com o SisEB.



   Resultado de imagem para siseb imagens
 

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Bibliotecas recebem exposições de fotografias e ilustrações

Três exposições estão abertas à visitação nas Bibliotecas Municipais.

 A exposição fotográfica “Texturas e Sentimentos", do publicitário Angelo Bacilli, e as ilustrações do designer Sami Ribeiro estão abertas para visitação na Biblioteca Prof. Fausto Ribeiro de Barros. 


Já na Biblioteca Prof. Jayme Monteiro, os visitantes podem conferir a exposição "Penápolis, cidade dos museus".

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Bibliotecas já fizeram mais de 14 mil empréstimos de livros esse ano

De janeiro deste ano até agora as bibliotecas municipais Prof. Fausto Ribeiro de Barros e Prof. Jayme Monteiro, mantidas pela Secretaria Municipal de Educação de Penápolis, já realizaram mais de 14 mil empréstimos de livros à comunidade. Além desse serviço, outros milhares de atendimentos foram realizados em prol da população, como oficinas, contação de histórias e palestras com escritores. 
Além disso, também é oferecido o uso gratuito de computadores para acesso a serviços digitais como consulta à Nota Fiscal Paulista, TRE e demais pesquisas conforme o Programa Acessa São Paulo.
O encarregado das bibliotecas, Rafael Freitas, comentou que foi um ano de grande movimento nas atividades, com participação maciça da sociedade em todas as opções oferecidas pelo serviço. Um relatório contendo dados desta produção foi realizado, mostrando em detalhes as estatísticas das duas bibliotecas públicas municipais no decorrer de 2017. Confira a seguir:
>>> Biblioteca Prof. Fausto Ribeiro de Barros:
- Estatística de empréstimos domiciliares (janeiro a novembro) - 12.800 livros emprestados
- Estatística de frequência – (janeiro a novembro) - 16.770 pessoas atendidas
- Nota Fiscal Paulista/TRE (janeiro a novembro) - 3.854 atendimentos
- Acessa São Paulo (janeiro a novembro) - 5.857 atendimentos
- Eventos e projetos:
Março - Oficina Escrita de Projetos (Promoção Siseb);
Abril - Projeto Monteiro Lobato (contação de histórias, exposição de livros e músicas); Exposição de Fotos “Mulheres de Fibra” (Parceria Rede Caas/ Cooperativa das Lavadeiras)
Junho - Programa Viagem Literária Módulo Infantil (Promoção Siseb, Contador de História Alicce Oliveira); Programa Viagem Literária Módulo Juvenil (Promoção Siseb, Escritor Luiz Roberto Guedes)
Agosto - Programa Viagem Literária Módulo Adulto (Promoção Siseb, escritor João Anzanello Carrascoza); Lançamento do Projeto Café & Leitura (Contação de histórias e mediação de leitura no Lar Vicentino, escritor Rafael Freitas)
Setembro - Projeto Café & Leitura (Contação de histórias e mediação de leitura no Lar Vicentino); Programa Viagem Literária Módulo Oficina - Escrita Criativa, com Mediador Rodrigo Santiago
Outubro - Projeto Café & Leitura (Contação de histórias e mediação de leitura no Lar Vicentino), Dia do Saci, com música e contação de histórias
(Parceria Museus Histórico e de Folclore)
Novembro - Projeto Café & Leitura (Contação de histórias e mediação de leitura no Lar Vicentino), Lançamento do Projeto Mediação de Leitura com pacientes do Centro de Atenção Psicossocial; Lançamento do livro “Revisitando Plis” do escritor Geraldo Malta; Contação de histórias e mediação de leitura
>>> Biblioteca Municipal Prof. Jayme Monteiro:
- Estatística de empréstimos domiciliares (janeiro a outubro) - 1.524 livros emprestados
- Agenda Cidadã: acesso gratuito a internet (janeiro a outubro) - 5.200 atendimentos
- Eventos e projetos:
Abril - Exposição de Fotos “Mulheres de Fibra” (Parceria Rede Caas/ Cooperativa das Lavadeiras)
Junho - Programa Viagem Literária Módulo Infantil (Promoção Siseb, Contador de História Alicce Oliveira)
Julho – Projeto Férias na Biblioteca (atividades diversas: oficinas, jogos, recreação, mediação de leitura e contação de histórias)
Setembro - Oficina de Corel Draw com Mediador Angelo Bacilli; Contação de histórias e mediação de leitura
- Formação de funcionários (*das duas bibliotecas):
Abril - Módulo inicial do Programa Viagem Literária (Siseb)
Julho - Oficina do Módulo de Escrita Criativa (Siseb)
Agosto - Encontro de Gestores de Bibliotecas (Siseb)
Novembro - Encontro de Gestores de Bibliotecas (Siseb)
- Projeto Geladeirotecas
10 mini bibliotecas distribuídas em locais públicos e escolas (Garden Shopping, Departamento de Água e Esgoto – Daep, Centro de Atenção Psicossocial, Macro de Saúde I, Macro II, Clínica de Especialidades, Unidade Básica de Saúde da Cidade Jardim, Escola Municipal Profª Marilena Cipriano Pereira, Creche Sílvia Covas e Creche Francisco Conte.
FOTO – Edições do projeto Viagem Literária levaram centenas de estudantes às bibliotecas.


Publicação Jaque Monteiro

sexta-feira, 18 de março de 2016

Tenda da Leitura na Biblioteca Municipal "Prof. Fausto Ribeiro de Barros"


Cantinho novo de leitura e contação de histórias na Biblioteca "Fausto Ribeiro de Barros". A tenda da leitura ficou aconchegante # ler é bom demais.

























Geladeiroteca na Macro-II

Ent
Entrega da Geladeiroteca na Macro-II (Centro de Saúde de Penápolis) hoje pela manhã com a presença de funcionários da Biblioteca Municipal, da Secretaria Municipal de Saúde, da Macro-II e do Sr. Rogerio Alves Cunha(proprietário do Esquinão Lanches).

A geladeiroteca é uma minibiblioteca onde os livros estão disponíveis para que pacientes e funcionários da Unidade de Saúde possam ter acesso ao livro e à leitura. O funcionamento é muito simples, não há necessidade de se cadastrar, é só abrir a geladeira e escolher um livro da sua preferência. A leitura pode ser feita no local (Macro II) ou as pessoas podem levar o livro para casa, ficando com ele o tempo que acharem necessário. Depois de lê-lo, é só devolver para que outras pessoas também possam ter acesso à leitura.


A Biblioteca Municipal “Prof. Fausto Ribeiro de Barros” instituição que coordena o Projeto possui mais duas Geladeiras para serem personalizadas e está a procura de novos parceiros para colocar a Geladeiroteca na Clinica de Especialidades e na Unidade Básica de Saúde da Vila Planalto.








quarta-feira, 15 de julho de 2015

Férias na Biblioteca Jayme Monteiroo

As atividades de Férias na Biblioteca continuam super animadas. Ontem, dia 14 tivemos uma sessão de contação de história, brincadeira de roda. música e ao final pipoca no quiosque. Estamos muito felizes com a presença das crianças que participam das atividades sempre acompanhadas de familiares, com certeza essas tardes ficarão para sempre em suas memórias. O conto "O macaco e a velha" foi recontado por Delva Parpinelli que com certeza animou a tarde.





Férias na Biblioteca Jayme Monteiro

Iniciamos dia 07 de julho o "Projeto Férias na Biblioteca".
Nesse primeiro dia, contamos com a valiosa colaboração da Heloiza Honda que deu uma Oficina de Origami.
Origâmi1 (do japonês: 折り紙, de oru, "dobrar", e kami, "papel") é a arte e brincadeira tradicional e secular japonesa de dobrar o papel, criando representações de determinados seres ou objetos com as dobras geométricas de uma peça de papel.
Mesmo com o frio e a chuva, o público participante superou nossas expectativas, tivemos a presença de mães, pais, avós, tias e é claro da garotada, que se divertiu e aprendeu a fazer : o coração, o cestinho, o tsuru e o balão.
Agradecemos a Heloiza Honda pelo carinho e atenção. E semana que vem tem mais!!! Contamos com a presença de todos.








quarta-feira, 17 de junho de 2015

Visita dos alunos da Emei "Anjo da Guarda"

Visita dos alunos do pré da Emei "Anjo da Guarda"  acompanhados pelas Professoras Simone, Neira, Maira e Marli. 
Manhã muito especial com: brincadeira  de roda, contação de história  "Faniquito e siricutico no mosquito" de Jonas Ribeiro, por Delva Parpinelli. Para encerrar a visita as crianças conheceram a Bebeteca.
.













terça-feira, 16 de junho de 2015

Férias na Biblioteca

E em 2015 realizaremos o Projeto Férias na Biblioteca "Prof. Jayme Monteiro".
As atividades acontecerão nos dias: 07,14,21 e 28 de julho, das 14h às 16h. e são voltadas para crianças de 07 a 12 anos.
Em breve mais informações!!

Visita da Emei Anjo da Guarda

E as histórias continuam!!Hoje recebemos os alunos da EMEI Anjo da Guarda, Etapa I acompanhados pelas professoras Beatriz, Maria Augusta e Marli para a brincadeira de roda, contação de história e visita ao acervo da Bebeta da Biblioteca Fausto Ribeiro de Barros. Foi um prazer recebê-los, voltem sempre!